Crença na Descrença

A covardia e a descrença no sucesso pessoal, a prisão no cárcere da angústia e das incertezas acerca futuro, é o aspecto mais evidente das gerações presentes, em que a busca por precauções, por “planos B”, por “estabilidade” e as conjecturas negativas do futuro precedidas de “mas e se…”, impossibilitam o curso de inumeráveis rumos. Pode-se afirmar sem receio de cair em incoerências, que esse comportamento decorre da falta de fé.
É viável explicar a fé, estabelecendo uma correlação com aquela passagem dos evangelhos em que Cristo chama Pedro para andar sobre as águas. Naquele momento a fé de São Pedro foi pela primeira vez testada, uma vez que ele apenas vislumbrava a silhueta de Jesus ao longe, e, entre as ondas teve de olhar pra água e pisar sobre ela com a certeza de que não afundaria.
É essa certeza na providência divina, a mesma que os apóstolos tinham ao partir em peregrinação confiando que seus alimentos se multiplicariam quando necessário, que nos impulsiona a abandonar o comodismo e se entregar a esse aspecto revolucionando da fé, desgarrado de medos acerca do mundo. Certa vez, testemunham os evangelista, ensinou Nosso Senhor que “Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”.

O que se constata nas presentes gerações é exatamente o contrário, é a generalizada crença na descrença, a aposta no fracasso alheio e pessoal, a opção por deixar os sonhos apodrecerem em detrimento da busca por “estabilidade”. Falta desejo por experimentar, falta autoconfiança e, sobretudo, fé.

Publicado por Eduardo Salvatti

Católico apostólico romano, revolucionário com engajamento social, desprendido de pragmatismos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: